O AMOR VERDADEIRO ESTA NA COMPREENSÃO E NÃO NA ILUSÃO DE FABULAS E PERFEIÇÃO

 Uma crença cultural específica que causa problemas para muitos pacientes é a fantasia do “único amor verdadeiro”. Os relacionamentos já são dificeis o suficiente, mas se tornam quase impossíveis quando a única bússola a orientare o paciente é uma fabula cultural. Uma das fábulas mais antigas sobre o amor vem do oriente. Muitos pacientes têm descrito versões desta história. 

Conta a lenda que homens e mulheres não eram entes separados, mas juntos formavam uma única pessoa. Certo dia um demônio, zangado com Deus, dividiu a alma em duas partes – masculina e femenina. Feito isso, arremessou as duas partes em direção ao vento norte, espalhando-as pela terra. 

 Daquele momento em diante, homens e mulheres passam suas vidas tentando encontrar a metade que lhes falta. Existe apenas um par perfeito para cada pessoa. Se encontrarem a metade que falta, seu único amor verdadeiro, ficarão etrnamente felizes. Se não, só lhes resta continuar vagando pelo mundo à procura – solitários e inconsoláveis.  Essa fábula ensina uma moral devastadora e provoca muitos problemas entre homens e mulheres. Muitos casais rejeitam bons parceiros em potencial porque encontram neles alguma falha. Idealmente, seu único amor verdadeiro não pode ter defeitos.

 Podem passar por vários relacionamentos procurando pelo par ideal, rejeitando parceiros promissores por causa de uma imperfeição. Quando percebem a futilidade de sua busca, podem se dar conta de que é tarde demais para encontrar quem quer que seja. 

 A mesma fórmula pode estar atrás de alguns problemas conjulgais. Em algumas culturas mais da metade dos casamentos acabam em divórcio. Em geral, estes relacionamentos acabam bem. Um rapaz e uma moça se conhecem e se apaixonam. No inicio, tudo é romantico e excitante, mas dentro de alguns anos a relação perde seu encantamento; o casal se aborrece e se desilude. 

Pode haver inúmeras razões pelas quais os casamentos acabam – perda de novidade, monotonia sexual, problemas com a familia do conjugue, insegurança financeira, afastamento da família de origem, a facilidade em se obter um divórcio, infedelidade e assim por diante – além disso a fabula pode estar espreitando pro detras de muitas destas razões.

 A razão pela qual essa crença é tão devastadora é que ela ensina os jovens a esperarem muito do casamento – uma união perfeita, um único amor verdadeiro, tornar-se inteiro e completo. 

 A fabula se espalhou para todas as culturas, com a única diferença residindo na definição de perfeito. Um americano pode definir a perfeição de um casamento em termos de riqueza e status, enquanto para um australiano pode significar companheirismo. Para um habitante das ilhas do Pacifico, o casamento perfeito pode significar serenidade e filhos, enquanto em outras culturas podem esperar um romance permanente. 

 As expectativas escalam as montanhas, enquanto a realidade, sentada lá embaixo, ainda tenta colocar as meias. A realidade do casamento se estilhaça contra a fábula do verdadeiro amor: o casal americano enfrenta a recessão economica, a esposa australiana encontra o companheirismo machista, o marador das ilhas do pacifico descobre que é loucura juntar serenidade e filhos numa mesma frase a fabula gerou muitas outras superstições: 

 Para ser feliz você precisa que seu conjugue ame você o tempo todo  Quando seu conjuge comete um erro você deveria criticá-lo e censurá-lo  Em um bom casamento voce sentirá desejo sexual apenas pelo seu conjuge 

 Deve ficar chateado quando seu casamento não é ideal  O amor é tudo que precisa para que o casamento de certo  Orgasmos simultanios não são o suficiente para uma boa vida sexual  Bons casamentos não tem problemas serios  Seu parceiro deveria adivinhar suas necessidades e desejos 

 As crianças sempre tornam um casamento mais feliz  Nos bons casamentos os casais fazem tudo juntos

CÓPIA SOMENTE COM INDICAÇÃO DA FONTE: PSICÓLOGA FRANCIELI KUREKE - www.psicopedagogiapsicologia.com.br OBRIGADA.

CONSULTÓRIO DE PSICOLOGIA E PSICOPEDAGOGIA FRANCIELI KUREKE
Fone: (041) 33488127, (041) 95104523 E-mail: francielikureke@gmail.com

Dificuldades de aprendizagem, comportamento, problemas emocionais?
Tire suas dúvidas pelo Whatsapp ? 041 95104523

Avaliação, intervenção Psicológica e Psicoeducacional, Psicóloga Francieli Kureke, à sete anos região de Curitiba, tendo contribuindo para o desenvolvimento pessoal e aprendizagem de centenas de pessoas.

?Adultos, crianças e adolescentes. Particular e convênios: Copel, Correios e PF Desenvolvo consultorias, palestras, cursos, e-books e áudios referentes a psicologia e educação.

Mais artigos

A guerra da guarda compartilhada?....
saiba mais
Uma das perguntas frequentes no Consultório de Psicopedagogia: Meu filho não consegue se alfabetizar o que faço?....
saiba mais
Namoros, Casamentos, Trabalhos, Estudos, Amizades e até Relacionamentos com filhos, podem se tornar muito mais virtuais do que ao vivo....
saiba mais
Treinamento para funcionários...
saiba mais